domingo, 5 de setembro de 2021

Capas | Maria Beleza | APFB*

2010........................................
...
NOV10 Segundo trato da capa do cordel promocional sobre *a pequenina flor brejeira, homenageada que foi na abertura de salão de cabeleireira, em 2008...
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.
2013........................................
...
JUL13 ... E o terceiro trato da capa que viria a ser utilizada no cordel virtual, em 2014.
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

4 comentários:

  1. Maria Das Graças Duarte Meira, via Facebook:
    Evaldo Brasil, Maria Cavalcante era filha de Tia Santa, minha tia-avó, que era irmã de minha avó materna, Porfiria, irmã de TiLita (o pai de Didi da Miudeza), de Titi (o pai de Geová), irmã de TiChico (pai de Egídio Lima e Severina Lima, o amor de Silvino Olavo), irmã de TiCassemiro (avô de Eliomar Rodrigues e de Cuca, filha de Maria do Carmo). Tinha ainda duas tias-avós maternas: Tia Enedina e Tia Sebastiana, que morreu muito cedo, mas deixou descendentes, que eu conheci.
    Maria Cavalcante tinha uma irmã chamada Beleza (que era a mãe de Tosquinho, que você conheceu).
    Por serem irmãs e andarem sempre juntas, Maria e Beleza ficaram muito conhecidas na terra, principalmente por causa de Maria, que trajava e se pintava com extravagância.
    Eram as duas irmãs: Maria e Beleza.
    Quando Beleza morreu Maria Cavalcante ficou sendo chamada de Maria Beleza.
    A história pregressa de Maria Cavalcante é muito interessante, quiçá folclórica e que eu vou mandar pra Rau Ferreira, pra ele publicar no Esperança Terra Mãe. Abçs ❤️

    ResponderExcluir
  2. Heloisa já me escreveu e eu editei em folheto uma prosa, com a história dela e "Giromo"... https://www.calameo.com/books/00257461187e0ac240b0d

    ResponderExcluir
  3. Maria Das Graças Duarte Meira, via Facebook: Pois é, Evaldo. Nessa família da gente todo mundo escreve. Eu ainda não tinha visto essa história de Maria Cavalcante contada por Heloísa, neta de TiLita, minha linda sobrinha, filha de minha irmã Benigna, viúva de Didi.
    A história de Maria Cavalcante foi muito bem contada por Heloísa. Ela reproduziu quase tudo que nós da família sabíamos a respeito da nossa prima. É claro que cada pessoa tem sua maneira de escrever, e eu escreveria de modo bem diferente, mas, no cerne da questão, a verdade seria a mesma: que Maria Cavalcante perdeu o seu juízo perfeito de moça bela da sociedade que era, de um jeito bem singular, passando a se arrumar todos os dias e pintar-se exageradamente para esperar o seu Caixeiro Viajante, Gerônimo, que nunca mais voltaria.
    Por oportuno, eu lembro que Tia Santa tinha um filho chamado Manuel Cavalcante, casado com Dona Laura, e pais de 4 belos homens da terra: Everaldo, Edmilson, Erasmo e Edvaldo.
    Everaldo era muito popular e vivia junto aos políticos. Edmilson, não sei se estou enganada, é o nome de Pretinho de Nauta. Erasmo casou-se com Hebe e foram os pais de duas lindas filhas: Elle e Narcisa Henriques. E Edvaldo era o sósia de Cauby Peixoto, anos 60, muito bonito e com a mesma bela voz dele. Lembro muito desses primos, saudade de todos. Abçs ❤️

    ResponderExcluir
  4. Andréa Gonçalves, via Facebook: É uma sensação muito diferente pra mim quando vejo uma foto de Maria Beleza, pessoa que fez parte do imaginário da minha infância, das Histórias que minha vó contava sobre ela e que eu achava que eram mais um dos causos que dona Tonha usava para distrair- me enquanto fazia seus crochês e eu desenrolava o novelo, atenta ao que ela ia narrando. Beleza se fez imagem na minha cabeça de criança como uma fada alegre, que iluminava a minha imaginação, e quando cheguei aqui, essa fada se fez humana, e nem por isso perdeu o encanto em minhas lembranças de menina quando vi pela primeira vez a foto da moça vaidosa que minha vó contava.

    ResponderExcluir

Especial | Esperança, 96 Anos | IDPP*

2021......................................... ... 12NOV *Iniciativas, depois do pico da pandemia de Covid-19, dão conta de que melhor comemo...