quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Palestra | Autismo: Uma leitura espiritual | Cleuber Dias

2017

29OUT17 Uma abordagem técnica e estatística, com literatura de apoio, amparadas pelo olhar do espírita.
IMAGENS&TRATO: Evaldo Brasil.

CONVERSA FRATERNA 1

CONVERSA FRATERNA 2

sábado, 25 de novembro de 2017

Cultura | Sarau do FIC | 25NOV

2017.........................................
FOTO OFICIAL
...
25NOV Presenças que se dispuseram ao registro, permanecendo no local até o final.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.

Notas a guisa de ata do Sarau Literocultural “FIC 30 SEMAP” realizado na noite do sábado, 25 de novembro de 2017, no auditório da Sociedade de Estudos Espíritas Esperancense/SEEE. Encontro de artistas e apreciadores das artes, organizado pelo Fórum Independente de Cultura/FIC de Esperança/PB.
I – DO INÍCIO E DO INTERVALO
Embora já anotado como ponto de cultura na cidade, o FIC continua informal. A realização de saraus iniciada em abril de 2014 entrou em pausa desde 20 de Novembro de 2016, após o Sarau Inaugural da Associação Afro-cultural Quero Mais/AAQM.
II – DAS PRESENÇAS
Depois de ser lembrado por alguns dos frequentadores, bem como pelos apoiadores ausentes, este ano registra apenas esse Literocultural, no qual contou com as presenças de Bruno Gaudêncio e família, Luiz Carlos Enjel da Silva Costa, Pedro Paulo da Costa Filho, Vanderlan Alves Venâncio e família, Ismaell “O Bardo” Filipe e grande representação da Quero Mais (AAQM), de trabalhadores da instituição acolhedora e visitantes.
III – DA ABERTURA
Organizadores, Evaldo Brasil e Rau Ferreira montaram a primeira parte do encontro, abrindo as inscrições para apresentação dos presentes. Depois de deixar seguir uma transmissão pelo Facebook, Brasil deu boas vindas, fazendo pequeno histórico da movimentação do FIC ao longo do triênio 2014-2016, contextualizando a causa no cenário de iniciativas que de tempos em tempos ocorre na cidade. Ferreira arrematou, dando conta do registro do FIC na Rede Cultura Viva/MinC (www.culturaviva.gov.br) atestada, dentre outros documentos, por declaração da AAQM, afirmando a importância das parcerias para os saraus. Pedro Paulo, pela SEEE, colocou o auditório da instituição à disposição para iniciativas de natureza cultural, depois de relatar que adotou Esperança, a ama, mas não entente como uma cidade menor, Cuité, onde nascera, pôde conseguir manter um teatro e conquistar um campus universitário antes de nossa cidade, apelando ainda para redobrarmos esforços para que a iniciativa permaneça.
IV – DA PARTICIPAÇÃO DE FERREIRA
Ferreira abriu as apresentações artísticas agradecendo o apoio de Bruno Gaudêncio para que hoje estivesse ocupando uma cadeira na Academia Campinense de Letras/ACL. Historiou parte da vida de Silvino Olavo, apresentando o soneto “O Meu Palhaço”, seguida de comentários. Disse também “Poema em Claro-Escuro”, poema inaugural de página literária do jornal A União, à época áurea do poeta esperancense do qual é biógrafo e de quem conquistara recentemente para Esperança a cadeira 35 da ACL.
V – DA PARTICIPAÇÃO DE CARLOS ENJEL
Em seguida, feitas as honras pelo confrade Rau Ferreira, assistiu-se a uma aula-espetáculo, apresentada pelo artista plástico Luiz Carlos Enjel, que fez seu histórico, comentou suas técnicas e fazeres e citou suas referências, a partir de um autorretrato em grafite e de uma marina em pastel seco, expostos no sarau. Como professor de artes em Campina Grande, denunciou o pouco caso com a legislação que regula o ensino das artes nas escolas.
VI – DA PARTICIPAÇÃO DE BRASIL
Evaldo Brasil chamando à reflexão do quanto é difícil fazer arte, historiando sua passagem pelo desenho e pela pintura, registra homenagem aos ex-professores Saulo Ais e Antonio Labas (in memoriam). Depois de dizer seu cordel “Se essa rua fosse minha” (C49-001), dialoga com Rau Ferreira/Silvino Olavo ao dizer o poema “E um poeta se faz palhaço no circo louco da vida” (C49-038).
VII – DA PARTICIPAÇÃO DE GAUDÊNCIO
Parceiro de Ferreira na ACL, Bruno Gaudêncio se apresenta, felicita Esperança pela iniciativa do FIC, fala de sua obra, expondo parte dela na ocasião; em seguida cita quatro dos seus poemas inéditos: “Êxodo Esôfago”, “Guerra do amor histórico”, “Gramatura do Som” e “Bahiuno” homenagem ao cantor cearense Belchior.
VIII – DA PARTICIPAÇÃO DE PEDRO PAULO
Pedro Paulo, revisitando suas memórias de infância, falou dos velhos cordelistas, lembrando que até na Sourbone, há depósito desse material relevante da nossa cultura, para falar de Dedé e Toinho da Mulatinha, da cultura esquecida e desprestígio local. Disse ainda Zé Limeira, o poeta do absurdo.
IX – DO INTERVALO E CONFRATERNIZAÇÃO
A confraternização foi regada a torta, salgados e espetinho de frutas, refrigerante e água mineral, dispostos em mesa farta por Vera Motta, momento de alimentar o corpo. Feita a foto oficial, as apresentações continuaram com o bardo Ismaell Filipe, que recitou “Senhora do Bom Conselho”, escrito no dia anterior, especialmente para ocasião.
X – DA PARTICIPAÇÃO DA QUERO MAIS
Adolescentes acompanhados pela AAQM, sob a coordenação de ativista cultural Marquinhos Pintor, fizeram duas performances de dança, sendo a segundo uma apresentação individual, pelo garoto Mikael. Às 22h o encontro foi dado por encerrado, prosseguindo em conversas fraternas, troca de trabalhos e encomendas, entre os adultos que permaneceram no local.
XI – DA PARTICIPAÇAO DE ISMAELL FILIPE
Pesquisador da história da Paróquia de Esperança, estando a digitalizar, pelo curso de História seu acervo, o acadêmico Ismaell “O Bardo” Filipe apresentou poema alusivo “A Capela de Nossa Senhora do Bom Conselho”, depois de breve apresentação pessoal.
XII – DA REFLEXÃO DE FERREIRA
“Maior que imaginava, menor do que podia ser!”, comentou Brasil a despeito do Sarau. De fato, cultura seria um produto para poucos – como defendera Gaudêncio. Na alma insensível de alguns, ainda repousa a ignorância por estar ali, sob os fluídos imagéticos do saber. Mas “quem sabe faz a hora”, já dizia o paraibano Vandré, “não espera acontecer”.
XIII – DOS PRESENTES GANHOS
“Fizemos a nossa parte. Apesar dos inúmeros convites lançados em redes sociais e pelas ondas da Ban FM, ganhamos nós presentes, perderam alguns, pela ausência. Deixaram de ouvir Gaudêncio e seus poemas, alguns deles já publicados em Portugal. Autor de mais de treze livros, dos quais trouxe a Esperança alguns exemplares, adquiridos prontamente. Professor substituto da cadeira de História, o jovem imortal da ACL esteve acompanhado da filha Clarice e da esposa Thuca Kércia. A pequena muitas vezes roubou a cena, enquanto o pai perfilava seus poemas inéditos”. Livros e cordéis continuam sua caminhada desde então.
XIV – DA CONDUÇÃO E DE AVALIAÇÕES
“Tudo muito bom”, comentou Alexandra Dias, que através da GVA distribuiu confeitos bala aos convivas, adoçando aquela noite de agradável companhia. Idas e vindas, estávamos nós, Eu/Evaldo/Pedro, a assumir a condução dos trabalhos, enquanto alguém nos assistia pela “live” transmitida na ocasião por uma espelhada rede social. “Joinhas de lá, comentários acolá” lembra Rau Ferreira. 

CHAMADA 01
...
03NOV Retomando as atividades iniciadas em abril de 2014, a iniciativa FIC dá um ponta-pé para comemorar os 30 anos da realização da Semana de Arte Popular/SEMAP de Esperança/PB.

DATA: 25 de Novembro de 2017. LOCAL: Sociedade de Estudos Espíritas Esperancense. HORA: Das 20 às 22h.

POEMAS/CORDÉIS
...
...
LEIA NO LINK ABAIXO
...
"Se essa rua fosse minha"
...
...
LEIA NO LINK ABAIXO

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Poema | Notas do Homem-nu | Cordel

2007 - 2017.............................
...
23NOV Poemas reunidos sobre o Homem-nu, impresso para distribuição no Sarau Literocultura FIC 30 SEMAP.
ARTE/AUTORIA&TRATO: Evaldo Brasil.
2017..........................................

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Poema | C49-200 Já não se vê mais Homem-nu como antigamente | Cordel

2017........................................
...
22NOV Uma temática que virou folclore em nossa cidade, em mais um poema, refletindo sobre as razões da existência desta figura em nosso imaginário.
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Registro | Trabalho, Salário e Arraial | MO338

2002........................................
...
MAI02 Mensário Oficial Nº 338, Capa
SEÇÃO I | ATOS DO PODER EXECUTIVO | NOTÍCIAS

Trabalho, Salário e Arraial

O esperancense tem sempre bons motivos para brincar os eventos que a Prefeitura realiza. Como fruto de uma administração que procura desenvolver ações integradas, o São João de Esperança acontece em mais um ano com sinais de superação ao sucesso dos anos anteriores. A 14ª edição do Arraial da Esperança revela o compromisso que o prefeito Arnaldo Monteiro mantém com as tradições esperancenses e nordestinas, tendo sempre a preocupação em aperfeiçoar, mas sem comprometer a originalidade peculiar a cada manifestação cultural ou social. É o que se propõe com o São João deste ano, fortalecendo-se os traços que resgatam o espírito e os costumes do povo nordestino e, ao mesmo tempo, aderindo-se aos fatores contemporâneos, como as bandas que instrumentalizam mais os seus ritmos.
A Copa do Mundo e a nossa seleção são mais que motivos integrantes da nossa festa. Como integrantes também são as 14 atrações musicais, quais sejam: Careca dos Teclados, Lú Natureza, Estação da Luz, Feras, Cipó de Boi, Vira & Mexe, Mauricinhos do Forró, Cebola Ralada, Fogo na Roupa, Tom Oliveira, Grafith, Walkíria Santos, Aveloz e Sirano & Sirino. Tudo isso se faz sem se deixar de cumprir obrigações essenciais que significam a continuidade de obras aos quatro cantos do município e a iniciativa do pagamento antecipado de cinquenta por cento do 13º salário do ano em curso, como ainda, o salário do mês de junho, tudo no dia 20 do referido mês, antes mesmo de sua conclusão, numa verdadeira integração do trabalho, do salário antecipado e do arraial, com os dois primeiros sendo uma constante da administração que tem compromisso com a terra.

JUN07 Mensário Oficial Nº 399, Capa
SEÇÃO I | ATOS DO PODER EXECUTIVO | NOTÍCIAS

Esperança fez um São João de tradição e responsabilidade

Apesar de noites frias e chuvosas, a Comissão Organizadora do São João 2007 de Esperança, sob a coordenação da Secretaria de Comunicação, Eventos e Turismo, avalia que a festa recebeu um grande público durante sua realização.
O evento que contou com a participação de várias atrações de fora, foi marcado também pela presença da prata da casa, já que o prefeito Delfino tem primado em valorizar o talento existente no Município. Além da programação da noite, durante o dia houve várias outras opções de lazer para quem visitou Esperança. Após a abertura à noite, já no dia 24 à tarde, o Distrito de Massabielle fez o seu Forró Turístico Artesanal, onde se produz o artesanato com sisal, e foi realizada a nona edição da Corrida da Fogueira que este ano esteve aberta à participação de atletas de outras cidades e superando todas as expectativas quanto ao número de participantes que ultrapassou os 120 inscritos.
No dia 29, penúltimo dia da festa, a programação diurna constou do Casamento Matuto no espaço do Pavilhão do Arraial e do Forró Turístico Artesanal da Comunidade de Riacho fundo, onde é produzida a boneca de pano (Boneca Esperança). Todas as noites, antes das atrações do palco principal e do forró pé de serra no palhoção São Pedro, os espaços eram dedicados às quadrilhas e aos grupos folclóricos.
“Foi uma festa em paz feita com a cautela e responsabilidade necessárias para não deixar de manter uma tradição e de atender as outras obrigações administrativas que, não só marcam o mês de junho, mas toda a administração” sublinhou o Prefeito Delfino.

domingo, 19 de novembro de 2017

Arquitetura | Casa de Jardim da Paroquial | CRRP*

ATUALIZAÇÃO 2021

2012........................................
...
FEV12 *Casa que continua resistindo aos modernismos na Rua Paroquial (Mons. Severiano)...
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.
2017........................................
...
12FEV ...Onde a árvore ameniza o calor da tarde.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2018........................................
...
DEZ18 Invertendo o ângulo, no segundo ano de passagem do Google pela cidade, para melhor verificar os jardins.
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.

sábado, 18 de novembro de 2017

Vídeo | Despacito | FTA*

2017........................................

16NOV Fabrício Teclas e alunos solando o clássico moderno.
FONTE: Perfil no Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Registro | O Novo Britador | MO337*

2002.........................................
...
ABR02 Calçamento das ruas do Britador, depois da resistência do poder público em atender a demanda por moradia, a melhoria veio uma década após a ocupação...
FONTE: Secom/PME. TRATO: Evaldo Brasil.
2012.......................................
...
FEV12 ...Como na Rua Joaquim Galdino de Araújo (aqui vista 10 anos depois)...
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.
.................................................
ABR02 Mensário Oficial Nº 337, Capa
SEÇÃO I | ATOS DO PODER EXECUTIVO | NOTÍCIAS

O Novo Britador

Num instante em que o país, segundo números do IBGE - Censo 2000, apesar das transformações sociais, apresenta índices altíssimos em desigualdades na qualidade de vida da sua população, a Prefeitura de Esperança reafirma o seu compromisso em diminuir cada vez mais as diferenças existentes nas comunidades esperancenses, investindo em obras que dotam estes setores da cidade e da zona rural de uma infra-estrutura considerável, permitindo às pessoas que ali residem um ambiente favorável para se viver com segurança e qualidade de vida.
No planejamento administrativo do Prefeito Arnaldo Monteiro, questões como estas têm sido tratadas com a maior seriedade, não só no atual mandato, mas também de forma bastante clara na sua administração anterior. Apenas para citar como exemplo, dentre o grande volume de obras e ações que definem Esperança como umas das cidades entre as melhores administradas na Paraíba, incluindo-se até no hall nacional pelos avanços na saúde, destacaríamos as obras de urbanização no bairro do Britador. São cerca de 4 mil metros de pavimentação que estão sendo realizados na totalidade de ruas do bairro, drenagem de mais de 600 metros de extensão para escoamento das águas da chuva, 53 metros cúbicos de muros de arrimo, 4 escadarias de acesso das comunidades baixas para as altas e vice-versa, como ainda, aproximadamente 55 casas reconstruídas ou melhoradas para que as quase 300 pessoas que ali residem fujam dos riscos apresentados pelas antigas estruturas e possam, juntamente com os mais de 1.800 habitantes do bairro, viverem com dignidade após a conclusão definitiva das obras que lhes trarão inúmeros benefícios.
.................................................
...
ABR02 ... E no casario que se firmava, estimulado pelo novo benefício público.
FONTE: Secom/PME. TRATO: Evaldo Brasil.
2012.......................................
...
FEV12 ...Como na Rua Isaías Gomes Leal (aqui vista 10 anos depois)...
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Vídeo | Há Vida após a Morte Física | CMO*

2017........................................

15OUT Comparando a ideia de que a existência termina no túmulo com os princípios da Doutrina Espírita, o *confrade Mathusalem de Oliveira aprofunda a questão, trabalhando a partir de exemplificações.
IMAGENS&TRATO: Evaldo Brasil.
................................................
CONVERSA FRATERNA

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Personagem | Antonio Moleque Victorino | CGAV*

SD...........................................
...
SD Registro de uma das suas paixões, o futebol.
ACERVO: Marquinho Pintor. TRATO: Evaldo Brasil.
................................................
...
SD Um dos poucos registros formais da figura que carregaria parte da nossa história, ao longo da sua vida.
ACERVO: Idem. TRATO: Idem.
.................................................
...
SD Com o sorriso de sempre, marca de simpatia.
FONTE: Raimundo Neto Souza, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
2014........................................
...
SD "Moleque" em 3x4, retrato de hombridade.
ACERVO: Rau Ferreira, via História Esperancense. TRATO: Evaldo Brasil.
2015.........................................
...
07SET Aguardando a saída da Filarmônica 1º de Dezembro, portando seu instrumento.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2017.........................................
...
JAN17 No encontro de ex-alunos e professores do Ginásio Diocesano (Escola Paroquial) *Cida Galdina prestigia Antonio Viturino, nosso "Moleque".
ACERVO: Cida Galdino, via Esperança PB Terra Mãe. TRATO: Evaldo Brasil.

DO HISTÓRIA ESPERANCENSE

Antonio Viturino, Moleque

Antonio Viturino, conhecido por “Moleque” é uma das pessoas mais simpáticas e conhecidas da nossa cidade. No auge de seus 77 anos, casado com dona Maria de Souza Viturino (in memoriam) e pai de cinco filhos (Galba, Marquinhos, Dalvina, França e Raimundo) - de sapateiro a jogador de futebol e músico, fez de tudo um pouco na sua vida.
Começou a trabalhar muito cedo, aos doze anos de idade. A profissão de sapateiro quem lhe ensinou foi Toinho Leiteiro, ofício que ainda hoje exerce todo sábado na praça da Rua Manuel Jesuíno, por trás do Poliedro Hotel no centro de Esperança.
Neste ponto está há mais de 40 anos, consertando sapatos, pregando solas e dando aquele brilho. O zelo é tanto que os calçados nas mãos de Molelque parecem novos. Mas só trabalha até as onze horas do dia. “Meu horário é especial!”, diz todo satisfeito.
Seu Antonio lembra das antigas oficinas que empregavam muitos artesões na cidade. As sapatarias de Joaquim Galdino, Benedito e Michelo, eram as mais equipadas. Na época esta era a principal atividade do município, daqui saiam sapatos para Araruna, Cacimba de Dentro e Alagoa Grande. Na segunda-feira os sapateiros costumavam se vestir de branco e festejar a sua tradicional folga.
“Trabalhei com Michelo na Rua de Areia e Joaquim Galdino aqui mesmo quando este beco era mais estreito. A segunda para nós era dia de São Sapateiro, ninguém trabalhava, passávamos o dia ouvindo música e tomando umas pela cidade”, comentou.
Nas chuteiras ele dá um trato todo especial, talvez lembrando os bons tempos do antigo “Campo de Lagoa” quando o América ainda era cercado de avelós: “A madeira, quem deu, foi Sindulfo Alcoforado, o major da Maniçoba que era cunhado de seu Edmilson Nicolau. E nós fomos buscar lá no sítio”.
Moleque jogou no América de Zé Ramalho e no Santa Cruz de Gino como volante, e atuou na equipe de Humberto de Michelo o que lhe traz grandes recordações. Foi dele o gol de empate no final do segundo tempo na partida que o “Mequinha” disputou contra o Itabaiana, que terminou 2 a 2.
Mas em sua opinião um dos melhores resultados foi o score de 2 x 1 do América contra o Ingá de Bacamarte, time do maestro José Alves.
Apesar de aposentado, Moleque ainda toca pratos na Filarmônica 1º de Dezembro, sendo um dos músicos mais antigos da banda. Nesses 37 anos em que participa fez diversas apresentações pelo Estado, colecionando juntamente com os demais integrantes as seguintes colocações: 1º Lugar em João Pessoa; segundo em Bananeiras e terceiro na cidade de Areia.
Por todas essas qualidades seu Antonio Viturino é merecedor desta nossa singela homenagem; um homem de fibra que vive do seu trabalho e para sua família, e que apesar das dificuldades enfrentadas não se deixa abater.
(Rau Ferreira, via História Esperancense, blog. Entrevista concedida em 16/10/2010).
2018........................................

22JUN Sob os acordes do Hino de Esperança, os companheiros de Filarmônica 1º de Dezembro se despedem do músico Antonio Victorino "Moleque", acompanhados da representação do América Futebol Clube, onde o também sapateiro calçou a chuteira e fez a alegria da torcida alvirrubra da cidade.
IMAGENS&TRATO: e-Brasil Reggaval.
................................................

 22JUN A passagem pela Igreja Matriz, onde tantas vezes tocou para o hasteamento das bandeiras oficiais e da paróquia.
IMAGENS&TRATO: e-Brasil Reggaval.
.................................................

22JUN A chegada no cemitério, onde tantas vezes tocou em despedidas. 
IMAGENS&TRATO: e-Brasil Reggaval.
.................................................
...
30AGO Poema dedicado ao amigo, pai dos amigos.
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

sábado, 11 de novembro de 2017

Times | Falta de Ar | FHFS

SD.........................................
...
SD *Formação bem-humorada para atuar nos fins-de-semana. Em pé: Inácio Dias, Bebel Almeida, Pedro Paulo, André Anísio, Gutemberg Gonçalves, Beto Bocão e Luiz Magno. Agachados: Nobinho Almeida, Carlos Dias, Marcos de Milena, Cisinho Dias, Véi Galdino e Toinho.
ACERVO: Socorro Batista Oliveira, via EPBTM. TRATO: Evaldo Brasil.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Vídeo | Improviso | CIA*

2017........................................

08OUT O nosso *confrade Iordan Alcar, mais uma vez, improvisa após assistir a palestra, contribuindo com a harmonização e o encerramento da noite.
IMAGENS&TRATO: Evaldo Brasil.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Registro | Ações para minimizar falta d'água | MO395

2007........................................
...
FEV07 Mensário Oficial Nº 395, Capa
SEÇÃO I | ATOS DO PODER EXECUTIVO | NOTÍCIAS

A Prefeitura desenvolve várias ações para minimizar os problemas com a falta d’água

A Prefeitura de Esperança começou a por em prática o planejamento anual de ações de enfrentamento da seca nos primeiros sinais de falta d’água no município. Do segundo semestre de 2006 para cá, foram recuperados ou construídos vários reservatórios para permitir maior acúmulo d’água em todas regiões.
Com as primeiras chuvas caídas, tratores foram colocados à disposição dos agricultores para o corte de terras. Já com a falta de chuvas, carros-pipa foram contratados para atender emergencialmente inúmeras comunidades rurais, a exemplo do que ainda vem sendo feito hoje após a situação ter se agravado com a falta também em toda cidade, levando a prefeitura a ampliar o número de carros-pipa de 30 para 40 semanais. E isso levou o prefeito Delfino a se preocupar com a qualidade da água fornecida aos esperancenses, acionando a Vigilância Sanitária do Município para monitorar as fontes e examinar a potabilidade da água comercializada para que a população não corra o risco de consumir água com impropriedades e contrair, principalmente, a Hepatite como já se verificou em outras oportunidades.
A Prefeitura, inclusive, está fornecendo aos vendedores d’água material para o tratamento antes dela chagar até as pessoas. Uma das iniciativas que também marcou a preocupação do prefeito Delfino com a falta d’água em Esperança, foi a sua participação numa frente de prefeitos e parlamentares, entre eles, o deputado Arnaldo Monteiro, que visitou a Barragem de Camará, com vistas a uma ação emergencial para um barramento e contenção do rio que deságua na barragem durante as possíveis chuvas deste ano.
“Estamos atentos, indo até além dos nossos limites para tentar encontrar saídas para esse gravíssimo problema, enquanto aguardamos uma ação mais enérgica por parte do Governo do Estado que está ofertando apenas 9 carros/dia à população”, disse o prefeito.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Coletivos | A Turma da Lazinha | CBI

1986
...
SD No *CAOBE, brincantes improvisam seu grupo inspirados em novela.
FONTE: Zenilda Dias, perfil no Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

domingo, 5 de novembro de 2017

Vídeo | Onde fica o Mundo Espiritual | CPP*

2017........................................

05NOV O confrade Pedro Paulo, em mais uma "conversa fraterna", como chama, desmistifica a distância entre os planos físico e espiritual.
IMAGENS&TRATO: Evaldo Brasil.
...............................................
CONVERSA FRATERNA

Times | Lírio Verde | VCSS*

SD
...
SD Uma das formações do time, a *versão de campo que surgiu no futsal. 
FONTE: José Graciano Junior, via EPBTM, no Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

sábado, 4 de novembro de 2017

Paisagem | Pedra do Bico | CFSA*

2016.......................................
...
31OUT A paisagem em *Campo Formoso sob a ameaça da exploração de um dos poucos recursos disponíveis: as pedras do caminho. 
FONTE: Antonio Barbosa, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Encontros | Judite & Zé Augusto | SVCC*

2000........................................
...
15AGO Na *segunda vinda do cantor ao CAOBE, o registro da fã.
ACERVO: Judite Galdino, via Grupo Esperança-PB Terra Mãe. TRATO: Evaldo Brasil.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Vídeo | Deixai aos Mortos o Cuidado de Enterrar seus Mortos | CDF*

2015........................................

01NOV Na véspera do Dia de Finados, uma reflexão necessária sobre a passagem do Evangelho, pelo *confrade Dijalma Filho.
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

Especial | Esperança, 96 Anos | IDPP*

2021......................................... ... 12NOV *Iniciativas, depois do pico da pandemia de Covid-19, dão conta de que melhor comemo...