Mostrando postagens com marcador Marquinho. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Marquinho. Mostrar todas as postagens

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Ala-ursa 2021 | Máscara sob Medida | PNPB*

2021........................................
 

FEV21 De volta aos moldes, tesoura, estilete, papelão, papel-caderno e papel-revista... cola etc para confecção de máscara sob medida... De volta às oficinas de arte com o mestre brincante Marquinho (Pintor) Viturino... e encontro com outro, Pedro Marcelino... Neste vídeo, Marquinho dá o toque final na máscara que usei desde a primeira camada de papel, *para não passar em branco, já que não tivemos ala-ursa, nem Carnaval nesse tempo de pandemia. 
IMAGENS&EDIÇÃO: e-Brasil Reggaval TRILHA: Biblioteca de áudio do Youtube.

terça-feira, 21 de março de 2017

Registro | Transposição 1 | História

2017

19MAR Atendendo ao desejo de ver a Transposição do Rio São Francisco, registramos impressões e a satisfação de amigos em Pernambuco e na Paraíba, de Sertânia a Monteiro, respectivamente. IMAGENS: Evaldo Brasil & Marquinho Pintor. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via Youtube.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Notas | Blogosfera de Esperança | ABR*

2015.........................................
...
SD Primeiro Trimestre de 2015.

"BLOGÔMETRO"

ABR15 Não há dúvida que os blogues são uma nova onda de manifestação de ideias, gostos e práticas. De fácil manipulação, seus recursos permitem à produção de conteúdo a qualquer um que se afine com suas ferramentas. Minha praia, arte, história e cultura de Esperança, manifesta também no Boletim Virtual Lautriv Mitelob e nos Saraus do FIC (Fórum Independente de Cultura) me levou ao "Blogômetro" de 2014 (abaixo), e ao recorte do cenário atual da nossa blogosfera (gráfico acima). Caso conheça outros, me perdoe e comente, vez que esses são os que vejo.

2015: Em março, o recordista foi Ao contrário do que muitos pensam (Carlos Almeida Jerimum) com 31 publicações no mês de 31 dias. Mantendo a liderança desde janeiro de 2014 (Fev 27; Jan 32), embora o Frases Abertas (Karl Marx Valentim) tenha postado o mesmo número, não se fizera diário, publicando muitas frases num mesmo dia, sendo essa a sua característica.

O mundo e suas voltas (Ana Débora Mascarenhas) teve 25 postagens em março, mantendo o segundo lugar (Fev 19; Jan 16). Evaldo Brasil com o seu eBrasil: iniciaiC49, apenas 10 produções/seleções, como ele mesmo define “tipo geleia geral” (Fev 9; Jan 19); Revivendo Esperança (João B. Bastos de Patrício) manteve a quarta posição com 6 postagens (Fev 3; Jan 1), principalmente da série Fatos e fotos que fazem a História de Esperança.

Registramos ainda este ano Conversando (Angelo Rock) 5 postagens. Estudar e Sonhar (Hauane Maria) 4. Luciana Filmagens e Marcos Fotografia (Luciana e Marcos) terminou o mês sem qualquer postagem, assim como em janeiro, tendo 10 registros em fevereiro.

Nossa mais recente revelação RDUARTE fotoamadorismo (Sérgio Ricardo Duarte) traz inúmeras fotografias com olhar de artista plástico desde outubro do ano passado e RD Artes Visuais com projetos, desenhos e pinturas, desde setembro daquele ano.

Outros blogs, como o Esperança de Ouro (Jailson Andrade), O Sentinela (Egberto Vital) e História Esperancense (Rau Ferreira) se mantém ativos, mas com dinâmicas diferenciadas de postagens, dificultando nosso acompanhamento.

Sites locais que reproduzem material à moda gillete-press como Andrade Notícias (Jean Cláudio de Andrade), Folha de Esperança (Otílio Rocha), Liga Esperancense de Futebol (Manoel Henrique Rochinha) permanecem ativos e são bastante comentados quando trazem notícias locais. Destaque-se o Esperança Esportes (Fábio Celestino), que fez 22 postagens em março (Fev 9; Jan 21), há algum tempo preenchendo a lacuna deixada pelo antigo Internesp (Marquinho Celestino) até 2012 ocupada por Rochinha. Ademais, Radar Político PB (Rodolpho Raphael) continua cumprindo o papel que escolheu.

Lamentamos Belarmino Notícias (Isabele Roxa) que não encontramos e Quero Mais (Marquinho Pintor/AAQM) que teve sua última postagem há quatro meses.

...
SD Pequeno retrato de 2014.

(Todos os dados são variáveis, considerando que as atualizações posteriores podem ser datadas retroativamente).

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Eventos | Concurso Oficial de Ala-ursas | CAO*

2015.......................................

Concurso de Ala-ursas oficial continua na Praça da Cultura

...
A oitava edição do concurso oficial de Ala-ursas, Edição 2015, realizado pela parceria entre a Associação Afro-cultural Quero Mais/AAQM e a Prefeitura Municipal/PME ocorreu mais uma vez na Praça da Cultura, na tarde da segunda, 16, sob o comando do mestre brincante Marquinho Pintor Vitorino. A proposta inicial era voltar à Comunidade São Francisco, como prévia carnavalesca.

O evento se repetia assim, vez que as negociações entre as partes não chegaram a bom termo antes do anúncio e realização da 4ª edição do concurso promovido por Marriete Delon e equipe no mesmo dia e horário, nos informa Marquinho.

A Praça da Cultura então recebeu Ala-ursas que só apareceriam para a comunidade naquele dia. Guardadas a sete chaves, elas acabam sendo apenas para o concurso, ficando a comunidade sem vê-las antes e durante o Carnaval.

AUSÊNCIAS E PARTICIPAÇÕES Ala-ursas dos mestres brincantes Marcelo Marré de Lima e Adalberto Zil Cavalcante, que atuam entre Britador e General Osório não participaram. O Morro do Piolho, então, se destacou na Edição 2015 do concurso oficial, apesar da comunidade ter se dividido em duas agremiações, tendo surgido esse ano a ala do Beco. Concorreram algumas do Catolé; além de representantes do Britador, Nova Esperança e avulsas, num total de 54 brincantes.

A disputa se deu em duas categorias de Ala-ursas e uma de máscaras diversas. Das vinte e quatro na categoria Mirim, os cinco primeiros lugares ficaram para as de número 24, 16, 21, 08 e 18, respectivamente. Destaque-se a 21 e a 18 (melhor máscara); 21 (melhor couro); 08 (melhor apresentação); 24 e 16 (melhor batucada); e 24 (melhor torcida).

Na categoria Principal, das quinze concorrentes as de número 08, 03, 12, 15 e 10 foram as primeiras colocadas. Destaque-se a 15 (máscara); 08 e 15 (couro); 08 (apresentação); 12 (batucada); e 03 (torcida).

Além das participações hors concours (Bin Laden, Michael Jackson, Mata o Velho e Perna de Pau), dentre os quinze brincantes na categoria Diversas, os de número 10, 09, 15, 16 e 13 ocuparam os primeiros lugares, com destaque para a 10 (máscara); 16 (apresentação), 15 (traje e torcida) e 09 (batucada).

A premiação se deu como no ano passado, em dinheiro para os três primeiros e troféus até o 5º colocado (Mirim e Principal); troféus para os três melhores na categoria Diversas; além de medalhas de participação para todos.

A tabulação das notas se deu imediatamente, através de planilha, pelo presidente da comissão julgadora, Evaldo Brasil, auxiliado pela prestativa professora Socorro Acioli. E o júri foi composto por Nerivan Costa, Marquinhos da Xerox, Dedé Fernandes, Jéssica Ferreira e Carlos Almeida, após os brincantes solicitarem uma substituição.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Carnaval 2015.1 | Natal das Ala-ursas

Marré, homenageado
A decoração natalina mal estava sendo desmontada e as ala-ursas já tomavam conta da cidade. O “pancadão” das batucadas que não permitem mais o clássico canto “ala-ursa quer dinheiro, quem não der é pirangueiro”. Um gesto de mão estendida com ou sem uma cuia ou chapéu já é suficiente. Elas fazem a festa com a pequena ajuda dos menos apegados ao dinheiro.

Esse ano o Carnaval ocorre mais cedo que em 2014. Os brincantes se antecipam e, reformando fantasias ou confeccionando novas, estimulam as gerações. Crianças correm para ver e de medo; fazem suas fantasias e se adaptam como podem. Algumas usam uma máscara qualquer enquanto outras, principalmente as de menos posses, acorrem aos mestres brincantes para aprender as técnicas.

Zil Cavalcante, Marquinhos Pintor, Marré Gonçalves, Seu Pretinho... filhos e seguidores não medem esforços, apesar de todo contratempo e certo desencanto que permanentemente os acompanha. Nas camisas, estampas à mão informam da Ala-ursa MDP (Morro do Piolho).

MATA O VELHO – Além do barulho que já se ouve das sedes, onde turmas se reúnem para a farra, no sábado dia 07, um velho (preto velho) personagem saiu às ruas, acompanhado de triângulos, zabumbas, um oito-baixos, ganzá e agogô e, literalmente, fizeram a feira. Uma iniciativa de Marquinho Pintor.

As escolas de samba GRES Última Hora e Quero Mais circulam às noites em seus ensaios. A primeira, com samba enredo em homenagem a Zil Cavalcante, a segunda, revezando os instrumentos com Tribo e Troças!

CONCURSOS – O 4º concurso organizado por Marriete Delon, Nana e Fernando, ocorreu na tarde de domingo, 08, contando com 10 jurados, grande público e 26 brincantes, concorrendo em duas categorias (Mirim e Adulto). Na premiação, os mestres brincantes Marcone e Marré Gonçalves receberam comendas, os três primeiros colocados nas duas categorias, troféus, além de muitas medalhas. A comissão julgadora se cotizou e os dois primeiros colocados receberam uma doação em dinheiro.
Marcone, homenageado

O Concurso 2015 da Associação Afro-cultural Quero Mais, em parceria com a Prefeitura Municipal de Esperança ocorre na segunda-feira, 16, à tarde, no ala-ursódromo da Praça da Cultura, com três categorias, duas de ala-ursa (Principal e Mirim) e uma para máscaras Diversas; prêmio em dinheiro apenas para as fantasias de urso; troféu e medalhas para todas.

sábado, 13 de dezembro de 2014

Cultura | Consciência Negra | PQMP*

2014.........................................

Parceria entre Quero Mais e Prefeitura realiza evento no Dom Palmeira

Professor “Morcego” e alunos da Escola Afro-nagô oferecem aula-espetáculo

...
No último dia 20 foi comemorado nacionalmente o Dia da Consciência Negra, data em que se registra a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, símbolo maior de afirmação das raízes afro-brasileiras. 

Esperança, em cumprimento ao Plano Municipal de Ação do Selo Unicef (2013-2016) realizou nesta quinta-feira, 27, o Encontro Cultura & Consciência Negra. Na ocasião, a Associação Afro-cultural Quero Mais (http://grupo-queromais.blogspot.com.br/) foi anfitriã da iniciativa da Escola Afro-nagô de Capoeira, Campina Grande/PB (http://afronagocg.blogspot.com.br/), quando o professor Evaldo Batista “Morcego” esteve tratando da implantação da Lei 10.639/03 nas escolas, sobre a História e Cultura africanas na grade curricular.

O evento aconteceu na EMEF Dom Manoel Palmeira, à tarde. Além da palestra, contou com uma grande roda de capoeira, precedida de Maculelê e Coco de Roda do grupo Tirinete de Coco.

...
SAIBA MAIS:
Montada a infraestrutura necessária pela Prefeitura Municipal de Esperança, através da Secretaria de Educação e Cultura, os integrantes da Escola Afro-nagô de Capoeira, oriundos de Campina Grande, conheceram parte de Esperança ao irem almoçar no restaurante Bem Quentinha, no bairro Lírio Verde, de lá voltando a pé, caminhando pelas ruas da cidade entre o antigo Hospital Geral e a EMEF Dom Manoel Palmeira, local do evento.

Às 14h30, Evaldo Brasil deu início ao encontro Cultura & Consciência Negra, compondo a mesa com a vice-prefeita, senhora Roxana Costa Nóbrega, a subsecretária de Educação e Cultura, professora Carmery Monteiro, o Secretário de Assistência Social, Cizinho Dias, o Diretor da Associação Afro-cultural Quero Mais, ativista Marquinhos Pintor e o professor e palestrante do dia Evaldo Batista "Morcego".

Abrindo o evento, alusivo ao dia 20 de novembro, a vice-prefeita fez registro da importância histórica da luta de Zumbi dos Palmares; Marquinhos Pintor, anfitrião, considerou a necessidade da data não passar em brancas nuvens, o esforço dos parceiros da Seduc e a disposição do palestrante em cooperar com o movimento em Esperança.

Evaldo "Morcego", professor da Afro-nagô, reviu a trajetória dos negros escravizados ao longo da história da diáspora até Brasil, o período escravista e pós-abolição, defendendo a inclusão do tema no currículo escolar, em cumprimento a Lei 10.639, sem as idealizações romantizadas dos pintores europeus que a registraram. Ademais, apontou a importância do resgate histórico que se dá a partir de programas sociais como o Bolsa Família e a lei das cotas em concurso público federal. Em sua fala, noticiou que na terça-feira, a Capoeira fora reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, anúncio feito em Paris.

No momento de tirar dúvidas do público participante, "Morcego" explicou que a questão da Consciência Negra não diz respeito apenas a cor de pele, mas de identidade cultural, vez que o Brasil é uma nação negra por sua história e pelas estatísticas atuais que refletem a miscigenação. A professora Socorro Aparecida, quem por anos esteve a frente do projeto Britador em Ação, considerou que já trata a temática em sua sala de aula, mas lamentou não a ver ainda como conteúdo tratado por todos e pediu maior esforço neste sentido aos membros da equipe pedagógica presente. 

Os presentes também tomaram conhecimento do sistema de graduação usado na capoeira, desde as cordas atribuídas às crianças até a que só os mestres alcançam depois de toda uma vida dedicada à capoeira e suas nuances rítmicas, históricas, de canto, de dança e instrumentos; dúvida levantada pelas coordenadora pedagógicas Joselice Barbosa e Fabiana Marinho

Costurada de alusões àquela produção cultural, essencialmente negra e referências à miscigenação especialmente com a cultura indígena, a palestra foi seguida de apresentações artísticas e como não poderia deixar de acontecer, uma roda de capoeira.

A Escola Afro-nagô/Tirinete de Coco apresentou números de maculelê, coco de roda e de resgate do cancioneiro popular referente à temática. Na roda de capoeira, apresentou os estilos Regional e Angola e jogou-dançou-gingou-cantou com o Grupo Quero Mais.

O auditória da EMEF Dom Manoel Palmeira esteva lotado de alunos da RME, do Mais Educação e seus monitores atendendo ao previsto no Plano Municipal de Ação para defesa da criança e do adolescente, edição 2013-2016 do Selo Unicef; em evento que só terminou às 17h da quinta-feira, 27 de novembro de 2014.

CURTA E COMPARTILHE:

...
SAIBA AINDA MAIS:

TIRINETE DE CÔCO

Grupo realiza releituras de músicos do cancioneiro nordestino

Fundado em Fevereiro de 2012, pelos músicos e ativistas culturais Evaldo Batista (Morcego), Samarone Moura, Willians Cabral, Luan da Costa e Aslan Costa, o grupo Tirinete, vem levando ao público, muito côco de roda, ciranda e outros ritmos populares de nossa região. 

Além de músicas próprias o grupo Tirinete, tem como proposta fazer releituras de artistas importantes da música popular nordestina, mas que são pouco conhecidos pelo grande público. Dessa forma o grupo recebe influências diversas, como Jackson do Pandeiro, Zé do Norte, Biliu de Campina, Jacinto Silva, Luiz Gonzaga entre outros.

“O que nos levou a formar o Tirinete, foi a vontade de evidenciar o cancioneiro da cultura popular, por isso em nossos shows tem muita música de domínio popular que estão no repertório de grupos tradicionais de côco de roda do nosso estado, como a Caiana dos Crioulos, Odete de Pilar, entre outros. O Tirinete é esse mistura cultural cantada e dançada, que infelizmente, a cada dia é menos valorizada”, afirma Evaldo Batista (Morcego), vocalista e panderista do grupo.

Mesmo com pouco tempo de palco, o grupo já vem colhendo bons frutos, recentemente recebeu o prêmio de “Grupo Revelação 2012” na 4° edição do Overdose, realizado pelo SESC Paraíba. Além do Overdose o grupo, foi a atração principal do encerramento da semana de Oficinas do Museu Vivo do Cariri e também do São João Multicultural do Bar do Tenebra. O Tirinete também já ultrapassou as fronteiras do estado da Paraíba e participou do programa “Pernambuco Cultural” do Mestre Lua de Olinda, que está disponível no https://www.youtube.com/watch?v=huCfS215L7Q&feature=fvsr

...
No mês de novembro o grupo está com a agenda bem movimentada, de 07 a 11 estará participando da 6° edição da Semana de Cultura e Arte de Sumé (SeCas), no dia 23 o grupo participará da Virada Cultural, promovida pelo DCE da Universidade Estadual da Paraíba e para fechar o mês de apresentações, o grupo será uma das atrações do Festival de Música de Raiz, promovido pelo SESC Paraíba.

Para outras informações sobre o grupo basta acessar o perfil no Facebook 
e curtir a Fan Page do no link 

FONTE

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Concurso de Ala-Ursas consagra o Mestre Brincante Marré Gonçalves

2014
Apresentação do 1º Boi Acadêmico, no clique de Joelmir Ribeiro.

O Mestre Brincante Marré Gonçalves conquista cinco de seis troféus do Concurso de Ala-Ursas organizado por Mariet Delon/Fernando. Associado ao Mestre Brincante Ziu Cavalcante, Marré com sua trupe só não ficou com o terceiro lugar adulto, conquistado pela trupe “Morro do Piolho”.

Neste domingo, 16, a Comunidade São Francisco viveu a segunda edição do Concurso de Ala-Ursas organizado por Mariet Delon, desta vez na São Sebastião, em parceria com a dupla Fernando e Nana. Pouco mais de 40 Ala-ursas disputaram troféus para os três primeiros colocados, nas categorias Mirim e Adulto. Oriundas em sua grande maioria das Comunidades São Francisco, Morro do Piolho e General Osório, onde ficam as sedes das principais agremiações carnavalescas de Esperança.

Abrindo o evento, previsto para as 16h, desfiles e apresentações de um grupo de travestis, especialmente convidado pela organizadora, enquanto os brincantes chegavam com suas batucadas, para alegria dos admiradores desta manifestação carnavalesca.

Mariet Delon realizou seu primeiro concurso no ano passado, mais um atribuído à Comunidade São Francisco, no cruzamento da Rua 5 de Agosto e Rua do Sol porém, este ano, para melhor acomodar o público, optou pela Rua São Sebastião.
Batucada, Boi e Bonecão, no clique de Evaldo Brasil

Nove jurados atribuíram notas entre 05 (cinco) e 10 (dez) nos quesitos Máscara e Fantasia. Ao final, a trupe organizada pelo Mestre Brincante Marré Gonçalves conquistou cinco dos seis troféus, os três primeiros da categoria Mirim, 1º e 2º da categoria Adulto. Coube a trupe “Morro do Piolho” o terceiro lugar com uma Ala-ursa de duas caras.

EM TEMPO: Este, que acaba sendo um prévia da 7ª edição do concurso realizado por Marquinhos Pintor, da Associação Afro-Cultural Quero Mais, premiou a renovada Ala-ursa Bonecão, confeccionada pelo Mestre Brincante Ziu Cavalcante. Ela, ainda sem olhos acessos e garras de urso, obteve o segundo lugar na 6ª edição do concurso (2013).

O Mestre Ziu Cavalcante, associado ao Mestre Marré Gonçalves, apresentou o 1º Bumba-Meu-Boi deste Carnaval, batizado Boi Acadêmico, vez que integra a família da escola de samba, também chamada Acadêmicos da Última Hora.

Leia também em:
1. http://andradenoticias.com/em-esperanca-concurso-de-ala-ursas-consagra-o-mestre-brincante-marre-goncalves/
2. http://belarminonoticias.com/?p=16631

Poema | Escusas | Soneto

SD............................................ (Ao Lírio Verde da Borborema) ... SD Pedro Dias, vivendo na Capital do Estado, não esquece de...