Mostrando postagens com marcador Papangu. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Papangu. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Carnaval | No rastro dos Papangus | 2009

2009
...
SD Nós, no rastro da Última Hora, tínhamos em Junim Gordim um rastreador. Ele, aprendendo a usar a câmera fez sua imagens e editamos como se pode ver.
IMAGENS: Jr. Feitosa. EDIÇÃO: e-Brasil Reggaval.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Poema | C49-128 O Carnaval de Seu Jacinto (1-3) | Cordel

2009......................................
...
SD Papangus, proposta de resgate por Jacinto Barbosa.
ACERVO: Júlio Vanderlânio. TRATO: Evaldo Brasil
..............................................
...
FEV09 Papangu estilizado e encarnado por Evaldo Brasil. 
ACERVO&TRATO: Evaldo Brasil
.............................................. 
No rastro dos Papangus | Carnaval 2009 | Esperança/PB

FEV09 Nós, no rastro da Última Hora, tínhamos em Junim Gordim um rastreador. Ele, aprendendo a usar a câmera fez sua imagens e editamos como se pode ver. 
IMAGENS: Jr. Feitosa. EDIÇÃO: e-Brasil Reggaval.
2010...................................... 
...
22JAN Em memória do jornalista esperancense que sonhou com uma nova abordagem para o carnaval... 
TEXTO&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil. 
.............................................. 
...
28JAN ... Resgatando a brincadeira dos papangus... 
TEXTO&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil 
.............................................. 
...
31JAN ... Inaugurando o efêmero Acorda Esperança, bloco noturno dedicado às marchinhas e frevos. 
TEXTO&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

domingo, 1 de março de 2009

Reportagem | "Folia e solidariedade no Carnaval de Esperança" | Virgulino*

Ruas enfeitadas, marchinhas carnavalescas, blocos, charangas e trios elétricos marcaram o “Carnaval de Todos”, promovido pela Prefeitura Municipal de Esperança, durante o período de quatro dias. A participação popular foi decisiva para a alegria da Festa de Momo.

A folia começou no sábado à noite, com um arrastão pelas principais ruas da cidade, sob o comando da Banda Tribala. No dia seguinte, foi a vez da irreverência do Bloco das Lias (homens vestidos com roupas femininas e vice-versa) e que terminou com um banho coletivo (chuveirão) na Praça da Cultura. E quando a tarde chegou, as escolas de samba invadiram a avenida Manoel Rodrigues e reviveram o carnaval tradição do município. Apesar da chuva, nenhum folião deixou de seguir atrás do trio elétrico em mais uma noite de arrastão, desta vez com a Banda Estação da Luz.

Segurança - O esquema de segurança montado pela Prefeitura Municipal deu o clima de tranqüilidade. Dezenas de policiais em viaturas garantiram a segurança durante todo o período e permitiu que as famílias esperancenses, principalmente, que há anos se ressentiam de suas participações nessas festas, voltassem a brincar. E como a programação estava recheada de atrações para todos os gostos, homens, mulheres e crianças brincaram nos blocos dos papangús, ala-ursas, índios, escolas de sambas, crianças e Foliões da Educação.

Um outro bloco que atraiu a atenção de muita gente foi o da Feliz Cidade, que este ano arrecadou mais de três toneladas de alimentos para distribuição com instituições de caridade do município. Ao todo foram confeccionadas 2.500 camisas e trocadas por alimentos não perecíveis. O bloco fechou a programação do carnaval de Esperança, promovendo um arrastão com a banda Nagibe.

Acorde – Este ano, a Secretaria de Eventos do município resolveu investir pesado na retomada da cultura do carnaval da cidade, a partir do momento que criou o Acorde Esperança. Nas madrugadas, músicos e cantores invadiram as ruas para convidar os moradores a se reencontrarem com o melhor da música carnavalesca, numa alusão a época das marchinhas. A população correspondeu ao chamamento, abriu as portas, deu as boas vindas às tradições e aplaudiu os artistas. Um outro momento vivido pela população, neste Carnaval de Todos, foi a realização do Baile à Fantasia, no dia 14, nas dependências do Centro Artístico Operário e Beneficente de Esperança/CAOBE.

Saúde - Trabalhar a conscientização junto ao folião também fez parte do cronograma elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, com a distribuição de folhetos informativos e camisinhas, como forma de chamar a atenção dos foliões para os riscos das doenças sexualmente transmissíveis. Todas as sedes de blocos receberam a visita dos agentes de saúde."

*http://www.virgulino.com/admin/modules/noticia/?id=52066 acessado em 28/02/09 às 19:30.

Poema | C49-222 Até quando Florescer | Cordel

2021......................................... (Cinco gerações pra trás, cinco gerações pra frente) ... 14ABR De volta às preocupações com a ...