domingo, 30 de abril de 2017

Poema | C49-197 Severino Biu Pantera | Cordel

2017........................................
...
29JAN Durante o aniversário do amigo Severino Ramo Farias, me dispus a escrever estes versos e apresenta-los aos presentes.
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

Movimento | Esperança na Greve Geral | CRPT*

2017

28ABR17 *Contra as reformas da Previdência e Trabalhista, Esperança foi as ruas na Greve Geral.
IMAGENS: Evaldo Brasil (Diretas) e Marinalva Bezerra (via Facebook). EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

sábado, 29 de abril de 2017

Ensaio | Trem Bala | Virtuosi

2017

24ABR17 Mais um ensaio do Grupo Virtuosi, desta vez interpretando a belíssima canção de Ana Vilela.
FONTE: Wellington Targino, via WhatsApp. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Especial | Cabeções & Bonecões | TSMA

ATUALIZAÇÕES 2021

SD............................................
...
SD Uma *tradição sepultada e uma manifestação adaptada que ficou à mercê dos políticos. 
ACERVO: Dona Marlene. TRATO: Evaldo Brasil.
1988..........................................
...
06AGO Fora de época, um boneco circula divulgando o Festival de Inverno de Campina Grande (XIII Edição, em extensão para Esperança).
ACERVO&TRATO: Evaldo Brasil.
1989..........................................
...
FEV89 "O Galeguim do Zói Azul" fora caricaturado por brincantes no Carnaval do primeiro ano da Gestão Ledo Nóbrega (1989-1992).
FONTE: Alexandro de Almeida, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
1993.........................................
...
FEV93 Idealizado por Adalberto Zil Cavalcanti, com o apoio dos brincantes Adailton Santos e Rômulo Valentim, surgiria o Bloco dos Bonecos. 
ACERVO: Nicola Vital. TRATO: Evaldo Brasil.
..................................................
...
FEV93 Pelo menos 7 bonecos comporiam o grupo, exigindo 7 "tripas" para conduzi-los nos arrastões. 
ACERVO: Zil Cavalcanti. TRATO: Evaldo Brasil.
.................................................
...
FEV93 Xuxa, um dos primeiros bonecões do Bloco dos Bonecos. 
ACERVO: Zil Cavalcanti. TRATO: Evaldo Brasil.
2009.........................................
...
FEV09 E um "pequeno" bonecão, com cara de "Pereira", para e faz pose pro registro. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2014.........................................
...
15FEV Reestruturado por Marquinho Pintor, sob encomenda da Gestão Anderson Monteiro, o bloco voltaria no triênio 14 a 16. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
...............................................
...
09MAR Bonecão "Ala-ursa", quando duas tradições se fundem em concurso realizado no "ala-ursódromo".
FONTE: Secom/PME, via Facebook. TRATO: Evaldo do Brasil.
................................................
...
09MAR Michael Jackson e Osama bin Laden a caminho do "ala-ursódromo" para uma participação hours concours.
FONTE: Secom/PME, via Facebook. TRATO: Evaldo do Brasil.

2016........................................
...
06FEV E o resgate também se dá por figuras típicas, como o palhaço...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... A figura do político...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... O "Cabeção de Seu Chiquim" Celestino...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... O "Galeguim do Zói Azul" médico que fez política...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... Ou um brincante (anônimo?) que se ajunta...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... Ao grupo com o herdeiro na política...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... Ou um mágico (?) sem cartola...
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV ... E um negro, elemento sem o qual não teríamos Carnaval como conhecemos, homenageando o brincante já falecido Edilson Peida-peida.
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV Cabeções, seus tripas e coordenação e parte do apoio prontos, de saída para a noite de abertura.
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
..................................................
...
06FEV Registro a caminho do Corredor da Folia, sob a iluminação noturna de um dos nossos cartões postais.
FOTO&TRATO: Evaldo do Brasil.
2017..........................................
...
27FEV Dona Florinda, atraindo as crianças no Arrastão Algodão Doce. 
FOTO: Valdy Lins. TRATO: Evaldo Brasil.
...................................................
...
27FEV Bonecão Dona Florinda, conduzido pelo Mestre Pedrinho, criador dele. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
...

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Livros | Banaboé Cariá | AILE*

2016........................................
...

Banaboé Cariá: Sessão concorrida 

Numa sessão especial bastante concorrida, na noite desta quinta (28/04), a Câmara Municipal de Esperança foi palco para o lançamento do livro “BANABOÉ CARIÁ: RECORTES DA HISTORIOGRAFIA DE ESPERANÇA”, do escritor e historiador Rau Ferreira. Com a presença de autoridades dos três poderes e de pessoas do povo e da sociedade, a câmara ficou lotada na expectativa de conhecer o trabalho que conta a história de Esperança nos seus mais diversos aspectos. 

Na tribuna, todos destacaram a importância do momento e quanto valorosa foi a iniciativa do escritor em registrar a história esperancense com dedicação e competência. Entre os oradores que se alternaram na tribuna, o vereador presidente José Adeilton Amazan, deputado Arnaldo Monteiro, procurador Antônio de Pádua Torres, juíza Fracilene Lucena, a presidente do Instituto Histórico de Campina Grande Maria Ida Steinmuller. Ainda apresentando o escritor e representando a comissão de revisão do livro composta por Evaldo Brasil e Carlos Almeida, o secretário de esportes e cultura João Delfino Neto. 

Ao final, o prefeito Anderson Monteiro, responsável pelo prefácio do livro e pelo patrocínio oferecido pela prefeitura, se mostrou orgulhoso pela forma como o trabalho foi realizado com eficiência e talento e por se tornar numa importante fonte de informação e preservação da história esperancense. Agradecido pelo incentivo e pela produção de mais um trabalho de sua autoria, o escritor e historiador Rau Ferreira fez questão de destacar o apoio da Prefeitura de Esperança e a colaboração de todos aqueles que contribuíram na construção de tão importante publicação para o município e sua história. 

Quanto ao título do livro, BANABOÉ CARIÁ, matou uma curiosidade de todos dizendo ser uma expressão na língua cariri pertencente aos índios que primeiro habitaram nossa terra sendo, por sua vez, BANABOÉ: “tanque grande” e CARIÁ: “lugar de origem do homem branco”. O autor completou a noite com uma sessão de autógrafos dedicando exemplares a todos os presentes. 

Além do presidente Amazan, a sessão foi composta pelos vereadores Adailton dos Santos, Cristiana Almeida, Joelmir Ribeiro, Josinaldo Ferreira e Adijailson Costa “Tité”. 

.................................................
...

Do acervo de Pedro Gazeano, a fotografia de João G. Guimarães, do estúdio “Foto Fiel” mostra a arquitetura da então “Egreja Matriz de Esperança”, no português da época. Essa fotografia circulou como Cartão Postal, trazendo no verso as expressões “Post Card” , “correspondence” e “address”. A ilustração, na página 44, em preto e branco, abre o Capítulo III Formação do Município. 

Ela fez parte de um pacote guardado por Pedro Gazeano que incluía ainda a vista do Açude Velho e Capelinha a partir da Matriz e outra em sentido oposto, a Rua do Sertão, do Centenário, a Chã da Bala e a Rua Nova com vista para torre da igreja. Outras, da mesma época já foram catalogadas sem que tenhamos a certeza de seu fotógrafo. Mas esse pacote contém os traços necessários para o texto do remetente. 

Uma inferência possível é que elas sejam parte das comemorações dos 10 anos de emancipação política da cidade. João G. Guimarães aproveitara a efeméride, já que sediava seu estúdio na então cidade de Laranjeiras (Alagoa Nova), da Paraíba do Norte, como se pode ver em:
.................................................
...
SET15 A Capelinha e a cantora lírica Isabel Barbosa, à página 103, abre o Capítulo V Cultura & Religiosidade
FOTO: Emerson Santos, para a Secom/PME.

Veja mais da Capelinha em: 
.................................................
...
SET15 Mandíbula fossilizada de mastodonte (Haplomastodon waringi), encontrada em 1997; a página 158, ela abre o Capítulo VII Patrimônio Esperancense 
ACERVO: Evaldo Brasil, fiel depositário. FOTO: Emerson Santos, para a Secom/PME.
................................................
...
SD Na década de 60, a Capelinha sobre o lajeiro recebia a Escola Cantório, de Hilda Batista, em momento de lazer. A imagem abre, na página 189, o Capítulo II Deve-se contar?, do Título II Passado Glorioso
ACERVO: João de Patrício. FONTE: Blogue Revivendo Esperança PB
.................................................
...

Banaboé Cariá: Discurso de lançamento 

Exmo. Sr. José Adailton da Silva Moreno (Amazan), Presidente do Poder Legislativo, na pessoa de quem saúdo os vereadores aqui presentes. 

Exmos. Srs. Anderson Monteiro Costa, prefeito constitucional do Município de Esperança, e Arnaldo Monteiro Costa, Deputado Estadual, Exma. Sra. Ida Maria Steinmuler, presidente do IHCG, e Dra. Juciene Ricarte Apolinário, vice-presidente; secretários municipais, diretores de escola, professores, convidados, demais autoridades e o público aqui presente. Boa noite! 

É com grande alegria, e com o espírito de dever cumprido, que nos reunimos hoje para o lançamento do livro BANABOÉ CARIÁ – RECORTES DA HISTORIOGRAFIA DO MUNICÍPIO DE ESPERANÇA. 

Quero primeiramente agradecer a Deus, que me dotou de inteligência, de uma curiosidade aguçada e uma inquietação enorme, sem as quais a escrita desta obra não seria possível, o Senhor tem me proporcionado vitórias, e estamos aqui para festejar essa grande conquistar, que é a de escrever sobre a história do nosso município. 

E dizer o meu “muito obrigado” ao gestor público municipal, Dr. Anderson Monteiro Costa, por abraçar esta idéia, acreditar no projeto, e dar as condições necessárias para que pudéssemos concretizar este sonho que hoje se realiza. A prefeitura não apenas financiou, como também formou uma comissão de notáveis para revisar este trabalho, formada pelo então Secretário João Delfino Neto, e os servidores Evaldo Brasil e Carlos Alberto Almeida. 

Agradecer, de uma maneira especial, a minha esposa Carmem Lúcia e aos meus filhos Hauane, Heloíse e Helder, que de certa forma, sentiram a minha ausência nos dias de pesquisa e escrita deste trabalho. E é por este motivo que lhes dediquei o livro, assim como ofertei a meu falecido pai, Beinha, e minha mãe Glória, que contribuíram para a minha formação moral. 

Muitas pessoas tem me perguntado o significado do título, cuja explicação deixei para este momento. “Banaboé” (com E) na língua Cariri quer dizer “Tanque Grande”, o que nos remete ao Araçá, este reservatório de águas pluviais que existe no bairro Beleza dos Campos. Talvez por esse motivo, a Sesmaria de 1789, menciona existir o lugar “Tanque Grande no Sertão de Banaboie”. 

Quanto ao vocábulo Cariá, este não é tão fácil. “Cari” refere-se ao homem branco, ao colonizador. Cariá nos dá sentido de lugar ou origem. Portanto, quero crer que “Banaboé Cariá” seria algo como “o tanque grande do homem branco”. 

É certo que a história narra que os índios se estabeleceram naquele lugar, e que foram responsáveis pela desobstrução daquele lajedo, que possibilitou a captação das águas da chuva pelo Araçá, que serve até hoje a nossa população. Todavia, os documentos apontam uma concessão de terras ao desbravador Teodósio de Oliveira Ledo, fundador da Campina Grande, que por herança veio a pertencer a sua filha Amarinha Pereira de Araújo e seu genro João da Rocha Pinto, os quais estabeleceram na região da Bela Vista, uma fazenda de criação de gados, que denominaram de “Banaboé Cariá”. 

Nas palavras do historiador Irineu Jóffily, que provém deste ramo familiar, e que por muitas vezes passou suas férias naquela fazenda, Banaboé foi sempre o nome deste lugar, e assim tem sido conhecida pelo menos desde 1757. 

Mas o livro ainda tem o subtítulo de “Recortes da historiografia de Esperança”, por sugestão de Evaldo Brasil, que igualmente merece explicação. A história do nosso município é riquíssima, e maior do que podemos conceber. Seria uma ilusão dizer para vocês que toda ela se encontra reunida num único livro. Isto me parece impossível. E por essa razão preferi dar ênfase aos principais fatos, fazendo o recorte de alguns momentos da história local. 

Assim, iniciamos o livro tratando da formação do nosso território, dos aspectos geográficos, e dos símbolos municipais; falamos da colonização, do vocábulo “Banabuyé”, da vocação comercial, e da tradicional feira, que foram por assim dizer, é a nossa origem. 

Registrei o desenvolvimento urbano, as principais ruas, os bairros e distritos. A criação da paróquia, com as suas comunidades, pastorais e administradores. 

Tratei dos poderes públicos municipais, legislativo e executivo, e também do judiciário local. A infraestrutura, os primeiros anos, a educação e a saúde foram igualmente objeto de nossos estudos. 

A cultura ganhou um capítulo especial, subdividida que fora para cada uma das artes ou gêneros, a exemplo da música, da fotografia e do artesanato. O esporte, o carnaval e o São João também foram mencionados. 

A história do trem que passaria por Esperança, mas que foi desviada com receio de que isolasse Campina Grande, ganhou relevo com a gravura do pesquisador Jônatas Rodrigues Pereira, a quem coube transformar o projeto desta estação em imagem 3-D. 

Mas o livro é rico não apenas em conteúdo, como também em fotografias, muitas delas do acervo pessoal de Antônio Ailson Ramalho, filho do desportista José Ramalho, que gentilmente nos cedeu para esta publicação; também foram aproveitadas fotos antigas de Evaldo Brasil, Jailton Medeiros, Martinho Júnior e João Batista Bastos, ficando as mais recentes a cargo de Emerson Santos. 

Enfim, Esperança, entrego o “Banaboé Cariá – Recortes da Historiografia do Município de Esperança”, e dou por cumprida esta missão pela qual me empenhei, na certeza de que este livro abrirá o caminho para outras publicações, de outros autores, que possam fazer o registro desta cidade, o nosso querido “Lyrio Verde da Borborema”. 

Uma boa noite a todos e o meu muito obrigado pela sua presença. 

Rau Ferreira, em:
http://historiaesperancense.blogspot.com.br/2016/04/banaboe-caria-discurso-de-lancamento.html 

*Comemorando um ano de lançamento, replicamos aqui o acervo de imagens do mais recente livro da história de Esperança, além de alguns textos alusivos ao trabalho de Rau Ferreira, com os auspícios da Gestão Anderson Monteiro.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

SEEE Desde 1995 | Sobre a Vida | Samara Sinésio

2017

19MAR17 Bráulio Bessa tem dado uma contribuição para o respeito do outro e de si mesmo. Esse poema nos fora apresentado por Samara Sinésio nas comemorações dos 22 anos da Sociedade de Estudos Espíritas Esperancense.
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

terça-feira, 25 de abril de 2017

SEEE Desde 1995 | Trem Bala | Samara Sinésio

2017

19MAR17 Por ocasião do mês de aniversário da Sociedade de Estudos Espíritas Esperancense/SEEE, diretamente de Borborema/PB, uma luz no meio do cancioneiro popular, Samara Sinésio interpreta "Trem Bala", de Ana Vilela.
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

sábado, 22 de abril de 2017

Derivado | Rafinha, a Galinha | V&P*

2017

SD O *vídeo que circula no Facebook, que o amigo Jorge Assis replicou de Thiago Paixão, me fez provocar Rafaela Nobre a escrever um poema. Ela topou. Veja o resultado abaixo:

...
...
21ABR Provocada, Rafaela Nobre também fez seu apelo em forma de poema. 
TRATO: Evaldo Brasil

Registro | Paixão de Cristo 2017 | NCG*

2017...............

SD Uma paixão de Esperança, com *narração de Coroné Grilo. 
FONTE: Divulgação, via facebook.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 6 | POAS*

2017

29JAN17 Por ocasião do almoço em homenagem ao amigo Severino Ramos de Farias, no "Museu Carlos Pessoa". 
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 5 | POAS*

2017

29JAN17 Por ocasião do aniversário de Severino do Ramo Farias, Biu Pantera, que reuniu parentes, aderentes e amigos no "Museu Carlos Pessoa".
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 4 | POAS*

2017

29JAN17 Por ocasião do aniversário de Severino do Ramo Farias, no "Museu" de Carlos Pessoa.
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 3 | POAS*

2017

29JAN17 Por ocasião do aniversário do amigo Severino do Ramo, no Museu de Carlos Pessoa. IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 2 | POAS*

2017

29JAN17 *Por ocasião do aniversário do amigo Severino do Ramo Farias, comemorado em família no "Museu Carlos Pessoa", em Esperança/PB.
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, viaYouTube.

domingo, 16 de abril de 2017

Registro | "Museu" recebe para festa 1 | POAS*

2017

29JAN17 *Por ocasião do aniversário do amigo Severino do Ramo Farias, realizado no "Museu Carlos Pessoa".
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

SEEE Desde 1995 | Cativar/Pai Nosso | Essência Divina

2017

05MAR17 Anselmo e Fafinha harmonizam a SEEE antes da palestra pública dominical. 
IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Ensaio | Dia, Lugar e Hora | Virtuosi

2017

SD Mais um ensaio do Grupo Virtuosi, na versão sertanejo romântico. 
FONTE: Perfil no facebook. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

SEEE Desde 1995 | Aos Pés do Monte | Essência Divina

2017

05MAR17 Da dupla Tim e Vanessa, Aos Pés do Monte é aqui cantada pela dupla Anselmo e Fafinha, na harmonização que antecede a palestra pública. IMAGENS&EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

domingo, 9 de abril de 2017

Ensaio | Simbora Chiclete | Virtuosi

2017

SD Grupo Virtuosi se preparando para o Carnaval, com repertório de arrastões. FONTE: Perfil no facebook. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

sábado, 8 de abril de 2017

SEEE Desde 1995 | Segue e Ampara | Essência Divina

2017

05MAR17 Do grupo vocal espírita Semearte, faz parte do repertório "Essência Divina" que harmoniza as palestras públicas da Sociedade de Estudos Espíritas Esperancense. Por ocasião da abertura do mês de comemoração dos 22 anos da casa. PERFORMANCE: Anselmo & Fafinha. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Vídeo | Ensaio: À Sua Maneira | Virtuosi

2016........................................

SD Do perfil do grupo Virtuosi, um ensaio aberto nas redes sociais. Para contribuir com os amigos, tratei e aqui publico. 
FONTE: Perfil no Facebook. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Vídeo | Esperança na Luta! | NPPR*

2017........................................

31MAR Depois das manifestações do dia 15 de março, o povo volta às ruas no dia 31, o registro de *novo protesto pelas ruas da cidade de Esperança. 
IMAGENS: perfil Jornal A Cidade, via Facebook. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via YouTube.

domingo, 2 de abril de 2017

Registro | Transposição 5 | Álbum

2017

19MAR17 Álbum com 38 das nossas imagens na ida para ver a transposição, entre a esperança e o clamor popular. Além de duas imagens do perfil Poliana Ancelmo no facebook. Essas imagens estão disponíveis em nosso perfil. FOTOS: e-Brasil & m-Pintor. EDIÇÃO: Evaldo Brasil, via Youtube.

Humor | Ostentação 70 | MTIA*

SD........................................... ... SD Quando o fotógrafo ia em nossa casa tirar as fotos nos anos 70 era um motivo de ostenta...