Mostrando postagens com marcador Querindina. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Querindina. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Especial | Mala-móvel | AM*

ATUALIZAÇÃO 2021

2008........................................ 
...
08JUL Ao registrar a passagem do Mala-móvel, o "estorvo para o trânsito no local" vira cenário, diante do crescimento e da verticalização da cidade.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2015.......................................
...
20OUT Sucesso ao passar em Lagoa Seca, como barril a descer as cataratas do Niágara, infelizmente não circula mais, foi para o *arquivo morto da nossa história 
FONTE: Marinalva Querindina Bezerra. TRATO: Evaldo Brasil.

domingo, 16 de junho de 2019

Cultura | Forrozão São Marcos | RCA*

CORDEL FORROZÃO SÃO MARCOS

1
Derna de 2003
Se faz comemoração
Numa festa muito alegre
Recheada de emoção:
É o Forrozão São Marcos
Renovan’ a tradição.
É um acontecimento
A gente vai lhe contar
Como se fazen’o verso
Sem ter poder de parar
A história desses ano’
É preciso registrar.
Uma coisa bem vivinha
A gente quer lhe dizer
Seu Leitor, sobre a ocorrença
Para que possa saber
Que nada disso é achado
Se plantô pra se colher.
Marquin' e Dona Milena
Tivero’ uma ideia esperta
Porisso tudo comanda
Faz dereitin', tudo acerta
Já que esse povo é tudo
Gente de cabeça aberta.
 
Já é fato consumado
E um causo a s'ajuntar
Nesse cordel fica escrito
A gente vai registrar
Guarde esse folhetin'
Para depois s’alembrar.
6
Foi na Fazenda São Marco’
Onde a festa começô
Lá no Sítio Mulatinha...
Quando o casal convidô
Uma turma de amigo’
Devoto’ que se listô.
7
S'ajuntaro’ e foram junto'
Pensan’o em comemorar
O São João com muito' fógo'
Para acender e soltar
Perante esse forrozão
Indo até o sol raiar.
8
Tinha um “mói” de coisa boa
Além do som pra dançar!
Para aguentar o rojão
Comida pra s'alimentar!
Porisso que a listinha
Foi preciso aumentar...
9
Aumentar para os amigo'
Dos amigo' e muito mais...
A alegria reinava
Prevalecen’o a paz
Mais um ano de forró
Na São Marcos é demais...
 10
Capaz de abrilhantar
Todo mundo veio ver
O casá Marco’ e Milena
Viro’ a ideia crescer
Gente daqui e de acolá
Queren’o comparecer.
2013....................................
...
15JUN O casal organizador ladeia Waldonys José Torres de Menezes, atração da XI edição.
FONTE: Marcelo Pereira, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

11
Para amanhecer o dia
Comemoran’o o São João
Comen’o pamonha e queijo
Com cerrejinha ou quentão
E tomar de menhanzinha
Café forte com baião.
2014....................................
...
23MAI XII edição, em clima de Copa do Mundo no Brasil.
FONTE: Fazenda São Marcos, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

12
“Oxe! que a comida é muita!
Meu velhin' se abestalhô...
Numa vez que Macambira
Num jumentin' me levô...
Passô a noite todinha
Virado num tranrmotor:
2015....................................
...
03MAI Divulgação das atrações do ano.
FONTE: São João do Nordeste. TRATO: Evaldo Brasil.

13
“Um minuto não parô
De dançar e mastigar
Era milho e era bolo
Tapioca e mungunzá
Bebia feito um danado
E eu mandan'o parar.
2016....................................
...
24MAI Chamada virtual para o evento.
FONTE: Fazenda São Marcos, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

14
“Tome 'coidado', meu vei'...
Tais queren'o explodir!
Eu já 'tô é 'maginan'o
Quando tu sair daqui
Pra 'vim' foi ladeira 'baixo
Voltar vai ter que subir.
2017....................................
...
24ABR Divulgação das atrações da XV edição.
FONTE: Séffora Araújo, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

15
“E assubir no jumentin'
Tô com pena do coitado
Pra vim nós 'tava maneiro'
Ele vei' bem animado
Mas na volta nós 'tá chei'
E o burrico tá lascado!
16
“Mas besta num era não
Comeu para se estourar
Imagine o que se deu
Quando a gente foi montar
Arriô das quat’o perna
O resto nem vou contar...
2018....................................
...
11JUN Divulgação das atrações da XVI edição e a venda de ingressos.
FONTE: Rafaella Nogueira, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
............................................
...
JUN18 Capa do folheto de cordel original.
ACERVO: Marinalva Bezerra & Fernando Rocha. TRATO: Evaldo Brasil.
............................................
...
JUN18 Contracapa do folheto de cordel original.
ACERVO: Marinalva Bezerra & Fernando Rocha. TRATO: Evaldo Brasil.

17
“Pra terminar o moído
Encontramo' a solução
Movido' pela festança
Pelo frevor do São João
Saímo' os três caminhan’o
Com força pra cantar rojão”.
18
Marminino! É festança
Seu Marquim, é forrozão!
Quem quiser se divertir
Favor prestar atenção
A festa está enraizada
Num lugar do coração!
2019....................................
...
26FEV Lançamento da XVII edição, anunciando a venda dos kits.
FONTE: Milena Magnane, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

19
É feita com muito amor
É trabalhosa, é paixão
Dona Milena começa
A cuidar da promoção
Assim que termina essa
Pra manter a tradição.
20
E assim a festa aumentô
Foi ganhan’o proporção
Todos quere’ conhecer
Fazer participação
Nesse encontro que s’ajunta
A toda a programação...
2020....................................
...
18JUN XVIII edição em "live" por conta da pandemia da Covid-19.
FONTE: Fazenda São Marcos, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

21
Combinada e esperada
Em tempo de São João
Todo turista aparece
E vem fazen’o questão
De conhecer a fazenda
Pra dançar no Forrozão.
22
Pense como organizado
Tem comida, tem demais!
A noite inteira de forró
Muita gente vem atrás
Pra garantir a entrada
Cada ano aumenta mais!
23
A fazenda virou “point”
Da multidão que vai lá
Pra passar a noite inteira
De tudo saborear
Forró, xaxado e baião
Pro São João aproveitar.
24
Num pense qu’é só turista
Que vem pra prestigiar
O povo de Esperança
Num abre mão de ‘stá lá...
Lá no Forrozão São Marcos
Para a Vida celebrar.
25
E os filho’ dessa cidade
Que moram noutro lugar
Se organiza em caravana
Para aqui se reencontrar
No Forrozão da São Marcos
Num abrem mão de brincar!
26
E o Sítio Mulatinha
Só fez se valorizar
Na Granja Marco e Milena
Todo mundo a conversar
Nova amizade se faz
E as velha’ a se renovar.
27
Por isso que o São João
É uma festa tão esperada
Pela gente do Nordeste
É a festa mais aguardada
Ninguém quer arredar pé
Dessa festança encantada.
28
Tem festa de todo jeito
Tamanho e arrumação
E dentro dessa alegria
Uma verdadeira função
Nossa religiosidade
Se mistura em tradição.
29
Foi nas antiga Oropa
Que o São João começô
Derna do descobrimento
No Brasil se espalhô
Quand’ os portuga trussero’
E por aqui se afirmô. 
30
Foi dent’o dessa cultura
Que esse arraiá’ nasceu
Lá no sítio Mulatinha
Foi assim que sucedeu
Essa história sem fim
Abençoada por Deus!
31
No interior do Nordeste
Venha para interagir!
Dançar, rever os amigo’
Famílias redescobrir!
Ver todo o crescimento
Que acontece por aqui!
32
Ver que isso já formô
As família’ de coração
Que sempre quer festejar
E renovar as tradição’
Comida, fogueira e dança
Sob santa proteção!
33
Se não vei’, vem visitar!
Superar toda saudade
Reviver os bons momento’
Se encher de felicidade!
Voltar as suas raízes
Reviver sua mocidade!
34
É história e é essênça
Dessa grande tradição
Forró na Granja São Marcos
Assim se fez Forrozão!
E a todo ano aumenta
A nossa dedicação: 
35
Pré-ocupação em fazer
O melhor forró que há
Preparar pros convidado’
Tudo pra comemorar
Que a Família São Marcos
Nunca pare de aumentar!

*Exercício de reescrita de cordel de amigos.
Originais: MARINALVA BEZERRA & FERNANDO ROCHA (Esperança, junho de 2018). 
Adaptação por exercício de reescrita, em junho de 2019: EVALDO BRASIL. 
(Uma tentativa de tornar a leitura o mais próxima da oralidade, ampliar as expressões e palavras do regionalismo, símbolos de redução etc. e tornar mais atemporal).

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Fazendo história | Macambira & Querindina | Esperança/PB

Morte de 'imortais da ABL' inspira cordel na Flip
Obras que homenageiam Millôr Fernandes e Ivan Junqueira, 
João Ubaldo Ribeiro e Ariano Suassuna (Foto: Paola Fajonni/G1)
G1 (30/07/14) A morte recente de três membros da Academia Brasileira de Letras (ABL) inspirou a criação de um cordel que está sendo vendido nas ruas de Paraty durante a Festa Literária Internacional da cidade (Flip), que começa nesta quarta-feira (30). “A morte dos imortais”, de Fernando Rocha e Marinalva Bezerra, é uma homenagem a Ivan Junqueira, João Ubaldo Ribeiro e Ariano Suassuna, que morreram nos dias 3, 18 e 23 de julho, respectivamente.
Segundo os autores, de Esperança (PB), o livreto surgiu como uma forma de chamar a atenção para a importância dos escritores e para lembrar “o desfalque eles vão dar” no cenário brasileiro. Eles contam que a obra mostra um pouco da história dos três imortais e o que representavam para a cultura.
“A morte é traiçoeira/Mas enfim foi enganada/Levou três homens com ela/Mas fez uma trapalhada/Pois foram três imortais/Eles ganharam a parada”, relata um trecho do cordel.
A publicação começou a ser gestada no dia seguinte à morte de Suassuna, autor de “Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”.
“A gente achou que não ia dar tempo [de escrever], mas a morte dele não podia passar em branco na Flip”, diz Marinalva.
De acordo com o casal, a criação do cordel é uma tradição de família, mas eles começaram a escrever juntos apenas em 2003, apesar de estarem unidos há mais de 30 anos. Viajar para mostrar o trabalho que fazem já é um costume dos dois.

Leia Mais/Fonte: http://g1.globo.com/pop-arte/flip/2014/noticia/2014/07/morte-de-imortais-da-abl-inspira-cordel-na-flip.html

domingo, 16 de março de 2008

Poema | C49-033 Alvíssaras ao festCordel! | Cordel

2008
...
16MAR Uma homenagem ao evento, pelos participantes e por seus realizadores.
TEXTO&TRATO: Evaldo Pedro da Costa Brasil.

2015

...

SD Realizadores do festCordel imortalizados em xilogravura na ilustração da primeira postagem deste poema.

...

Vídeo | Dobrado 220 | FLMO*

SD........................................... SD Durante apresentação da antiga *Filarmônica 1º de Dezembro, atualmente "Luiz Martins d...