quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Evaldo Brasil 2012: Manifesto Memorialista I

PIC 80.300 Partido da Identidade Cultural. Vem com a gente! Porque isso é tudo folk lore.
Um novo partido está sendo gerado, o Partido da Identidade Cultural/PIC. Seu ideário parte de um único objetivo: fazer valer a nossa identidade cultural. Seu slogan convida a todos para seguir juntos na caminhada: “Vem com a gente!”; seu lema “porque isso tudo é folk lore”, regurgita um das marcas da imposição cultural norte-americana no mundo “That’s all folks!” impregnado nas mentes das crianças ao assistirem desenho animado como Perna-longa e Patolino.
Pode até parecer piada, mas propõe a valorização da cultura do povo (folk lore =folclore), se contrapondo a cultura alienígena tão bem confrontada por Ariano Suassuna (O Auto da Compadecida).
A identidade cultural de um povo é o seu maior patrimônio. Nós, ocidentais, estamos longe, mas muito longe do que caracteriza, porexemplo, a China e a Índia. Do ponto de vista local, já foi dito que, para ser universal basta ser local, daí, se acolhemos modos e hábitos de fora e apagamos nossa memória, o que nos resta? Cópias mal acabadas sem raiz e sem nariz. Não temos alicerces nem cacife suficiente para superar o original. Vamos pensar nisso! Venha pro PIC! Vote 80.300!

5 comentários:

  1. O PIC propõe várias perguntas, análises de nós mesmos: Quem somos?, onde queremos chegar? - Somos talvez, seres conduzidos como rebanhos para um determinado pasto. Ao analisar quem somos,temos o presente alicersado no passado. Afirmo que a cultura como algo dinâmico, mas sobretudo fincada em cada tempo, merece apreço; as transformações influências incorporadas ao longo do tempo são propostas que sedimentam, sociologicamente é imperativa, é tb cultura, mas o q dizer de alguém sem passado? - simplesmente não sabem quem são!RM

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Roseane.
    A título de acréscimo, a escola que estou deixando, o Irineu, viverá os 80 anos em 2012. Esperança, em sua versão Banabuyê, tem seu registro oficial já catalogado, 1713, portanto nós banabuyenses faremos 300 anos em 2013.

    ResponderExcluir
  3. Uma pergunta curiosa: Onde foi parar a placa q ficava na ponte?, me refiro aquela do campo da "rodoviária". A do açúde, sabe qual é?

    ResponderExcluir
  4. Quanto ao patrimônio cultural, nós pobres ocidentais da cidade Peraê,conscientes, podemos nos sustentar no manifesto; quanto aos demais pobres ricos tb ocidentais e, ou pseudo-historiadores, cedem ao capitalismo, quando poderia agregar. Como sobrevivieu a europa com a vinda do capitalismo, me refiro a cidade de Areia? - vou terminar a letra da música baiana: tá pensano o que?, peraê... peraê... vigie a mensagem subliminar!

    ResponderExcluir
  5. Aprendi a admirar essa pessoa maravilhosa quando voltei a estudar no Irineu,um ótimo professor...a Educação vai perde um professor maravilhosa e muito enteligente...só me resta dizer saudades EVALDO BRASIL!!!!!

    ResponderExcluir

Vídeo | No Rastro das Ala-ursas 13 | PRNM*

2022........................................ ... 19JAN Numa rápida passagem, a agremiação maior em circulação, continua apresentando novas m...