terça-feira, 8 de abril de 2008

Poema | C49-047 Quem nunca viu aparição não sabe como é que é (II) | Cordel

2008........................................
...
08ABR Segundo poema em torna do que nos aparece, conforme nossa fértil e criativa mente.
AUTOR&TRATO: Evaldo Pedro Brasil da Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Logradouros | Tereza Nogueira 2 | MCMV*

2015........................................ ... 13SET Aguardando a urbanização, uma vista por inteira da artéria exposta às intempéries. FO...