Mostrando postagens com marcador 1932. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 1932. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Memória | O Açougue Público na Chã da Bala | PPD*

SD...........................................

POR PEDRO DIAS - Em Esperança/PB, na Avenida Manoel Rodrigues de Oliveira, precisamente bem de frente ao antigo bar e sorveteria do Seu Dedé, havia um dos mais antigos prédios da cidade, com fachada estilo neoclássica, com duas portas laterais de grades de ferro fixas, e uma central, para acesso. Fachada esta, com linhas paralelas e traçados outros, dando uma nítida demonstração de que deveria se perpetuar no tempo por ser de propriedade pública, arquitetura diferenciada e conhecida por todos como “O Açougue Público”.

1932.......................................
...
SD O início da feira em "T" visto da torre da igreja Matriz.
FONTE: Esperança de Ouro. TRATO: Evaldo Brasil.

Esse prédio, que era vazado com saída para a rua onde hoje encontramos o Mercado Público, assemelhava-se a uma galeria com boxes e “tarimbas” laterais para suspensão de carnes, com corredor central, e dividia-se ao longo do seu comprimento em duas partes como se fossem dois grandes vagões de trem. Havia na parte mediana pequenos boxes onde eram servidos o café da manhã com bolos de milho, de mandioca, de macaxeira e “pé de moleque” aos açougueiros e frequentadores habituais. Na primeira parte, pela entrada da Rua Manuel Rodrigues até o meio, ficavam os marchantes que praticavam o comércio da carne bovina fresca e/ou seca; na segunda, os açougueiros que cortavam as carnes de caprinos, ovinos, suínos e vendiam as buchadas e os miúdos desses animais.

Ali, no sábado pela manhã, o movimento era intenso. Parte daqueles comerciantes já tinha seus clientes certos para quem pesava as suas encomendas de carne, fígado ou quarto de bode e as alçavam numa “embira” de folha de bananeira seca e, assim, pendurados nos dedos, eram levados pelos fregueses até a casa. Pela manhã, no clímax da feira, aglomeravam-se aqui e ali e por certo tempo, alguns dos comerciantes do setor açougueiro, criadores, pequenos fazendeiros, ou os ditos “marchantes” cortadores de carne naquelas “tarimbas”, a exemplo de Seu Tiano, Seu Elísio Brandão, Seu Chico Emiliano (pai), Chico Emiliano (filho), Seu Chico Clementino, Cíço de Luca, Luziete, Pedro Fires e outros, para discutirem sobre a procedência e os acertos de compra e venda das suas crias.

À época, a feira ainda era realizada naquela avenida, entrando um pouco para a Rua do Irineu, onde predominava a feira da rapadura, que se limitava frente à tipografia do nosso saudoso Antônio Batista, onde trabalhava, também, o inesquecível Manú.

Na esquina da Rua do Irineu, no início da “Chã da Bala”, a feira começava, de um lado, com bancos de carne de sol, miúdos de boi e de bode secos, figo seco, toucinhos, peixes secos, queijos e outras especiarias; e do outro, na esquina da bodega de Benício, com sacarias de feijão, fava, milho e farinha - eram os feijoeiros - como Seu Justino, pai de Zé Luiz, Bastão Pigarro, e outros; prolongando-se até à esquina da Rua do Sertão, e, dali, frente a loja do Seu Lita, de ambos os lados, iniciava-se a feira dos bancos dos mascates, onde eram expostos à venda os variados rolos e cortes de tecidos de linho, tergal, tropical, casimira, chitas, roupas de carregação, cujos bancos pertenciam aos senhores Gordurinha, Chico Venâncio, Eugênio, Seu Dorgival Costa e outros.

Os bancos de sapatos, traseiros, sandálias, e outros manufaturados das sapatarias, também enfileiravam aquela artéria, e se estendiam até a esquina da antiga prefeitura. Aliás, a feira tinha o formato de um grande “T”, haja vista a sua penetração direcionada para a Rua do Sertão, estendendo-se até o início da balaustrada onde, dos dois lados da rua, encontravam-se além de outras novidades, frutas legumes e verduras, sem ficarem esquecidas as tradicionais, famosas e bem solicitadas barracas de “geladas” que eram servidas e acompanhadas do pão doce.

Passados os anos, não sabemos o motivo porquê desalojaram o “Açougue” que ficou por um período fechado, até que foi alugado para instalação de uma serraria/movelaria ao Seu Sebastião, moveleiro pai de um dos nossos colegas, o Sadi, durante alguns anos.

A partir daí não mais soube do desfecho dessa história do “Açougue”! A exemplo da “Pracinha” Getúlio Vargas, “Personae non gratae”, talvez gestores públicos, também sem memória, tenham ordenado a sua venda e/ou demolição.

Doravante, com a palavra o jovem poeta e escritor Rau Ferreira, aliado ao nobre jornalista, professor, poeta, cordelista, ativista e historiador Evaldo Brasil que na sua recém-criação do “Art Déco”, postam e denunciam acerca dos prédios com essas características e que foram, criminosamente, negociados ou demolidos para serem vistos e lembrados como jazigos de “Sombrias e Revoltosas Lembranças”, em detrimento do resgate da história e do memorial da nossa terra.

*O autor é esperancense e vive na Capital, João Pessoa/PB.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Especial | Av. Epitácio Pessoa | VTIM*

1932........................................
...
SD A visão é de uma cidade dos filmes de faroeste nesta que talvez seja o mais antigo registro da feira de Esperança. Visto da torre da antiga Egreja Matriz. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
SD...........................................
...
SD Num cenário festivo, destacamos as copas das árvores que despontam, mas não resistiriam ao "progresso". 
ACERVO: Rau Ferreira. TRATO: Evaldo Brasil.
................................................
...
SD Um cenário cinematográfico, visto da torre da antiga Igreja Matriz, já destacando o imponente prédio da prefeitura, à esquerda. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
1951..........................................
...
11SET A passagem da Imagem Peregrina do Carmo**. 
ACERVO: Rau Ferreira, via História Esperancense. TRATO: Evaldo Brasil.
Anos 60.....................................
...
SD A *visão da rua da torre da igreja matriz, aqui tratada por seu primeiro nome oficial. 
ACERVO: Família Coutinho. TRATO: Evaldo Brasil.
1967........................................
...
07SET Recortes do registro do desfile da Independência. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
SD............................................
...
SD Vista colorida da paisagem ainda com o Paraiban. 
FONTE: Morena C. Cerqueira, perfil no Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
2009........................................
...
30ABR Vista da torre atual da Matriz, o agora prédio do INSS não parece tão imponente. 
FOTO: Sandro Felix Mouzinho. TRATO: Evaldo Brasil.
2011........................................
...
SD Nova vista da torre da Matriz aponta o crescimento vertical da cidade. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
SD.............................................
...
SD Em um momento festivo da paróquia, imagem que ilustra matéria convocando para a Festa da Padroeira 2013/2014. 
FONTE: Site da Paróquia. TRATO: Evaldo Brasil.

*Todas as imagens feitas do alto da torre da Matriz ou suas proximidades, considerando a primeira, de 1932, quando a Avenida Manoel Rodrigues ainda se chamava Avenida Epitácio Pessoa, são aqui postadas com o nome antigo. Já as fotos feitas do nível térreo, podem ser encontradas com o nome atual Av. Manoel Rodrigues, mesmo as mais antigas.

**SAIBA MAIS EM: 

terça-feira, 23 de junho de 2015

Educação | Irineu Joffily | EEEF*

SD............................................
...
SD Grupo Escolar Irineu Joffily, provavelmente em (re)inauguração.
FONTE: Rau Ferreira, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
..................................................
...
SD Grupo já com calçamento em parte do seu entorno.
FONTE: JanilsonElaine, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
..................................................
...
SD Um exercício de uso de ferramentas de edição: Coloração virtual.
ARTE&ACERVO: Rau Ferreira. TRATO: Evaldo Brasil.
2008..........................................
...
16OUT Local de trabalho, local de espera para ônibus que levaria os servidores à praia.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2012..........................................
...
FEV12 Vista frontal distorcida da ainda *escola de ensino fundamental.
FONTE: Google Street View Lite. TRATO: Evaldo Brasil.
..................................................
...
MAR12 A escola vista como esquina da Rua José Honorado dos Santos, surgida de seu terreno.
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.
2015..........................................
...
23JUN O Irineu Joffily, fundado em 1932 com o Adro (praça) Dogival Costa como "pátio" externo.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.

sábado, 13 de junho de 2009

Logradouros | Manoel Rodrigues - Matriz 1 | VMR*

1932......................................
...
SD Registro da feira, vista do encontro da atual Manoel Rodrigues com a Solon de Lucena. Destaque-se no canto superior direito o Sobrado de Lita, ainda com a varanda de balaustres e ao seu lado o Ideal Cinema. Devido a baixa qualidade do material, a Matriz se perde no horizonte. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
1935......................................
...
SD Antiga Avenida Senador Epitácio Pessoa e fachada antiga da Matriz. 
FOTO: João G. Guimarães. ACERVO: Pedro Gazeano. 
FONTE: Blog Revivendo Esperança/PB. TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
... 
SD Verso da foto que, à época, era utilizada como Cartão Postal. Que diria quem escreveu esse cartão sobre o ar atmosférico de hoje? Como se vê, passou por pelo menos três mãos antes de ser preservado por Seu Pedro Gazeano. 
ACERVO: Pedro Gazeano. TRATO: Evaldo Brasil.
2005......................................
...
01DEZ Rua Manoel Rodrigues e Matriz novamente viram Cartão Postal. 
INICIATIVA: masBrasil (Mercio Araújo e Evaldo Brasil).
..............................................
...
01DEZ Rua Manoel Rodrigues e Matriz novamente viram Cartão Postal (Verso). 
INICIATIVA: masBrasil (Mercio Araújo e Evaldo Brasil).
SD........................................
...
SD Vista de cima das obras da construção da Esquina dos Anísio. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
2009......................................
...
13JUN *Vista do meio da rua, a paisagem se completa com pedestres, ciclista e carros... 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
...
13JUN ...e ladeada pelas colunas do portal São João de Todos. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2013......................................
...
12MAR Sob o vermelho do comércio agressivo. 
ACERVO: Jean Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
2014......................................
...
28MAR Inaugurando o Semáforo. 
FONTE: Esperança Esperança, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
2015......................................
...
14FEV Nos arrastões do Carnaval, a rua se estreita. 
FOTO: Emerson Santos. FONTE: Secom/PME. TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
...
06MAR Com a Matriz se destacando em azul e a imponência do Sobrado de Didi. 
FONTE: Tereza Fernandes, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
2016......................................
...
FEV16 Nos arrastões do Carnaval, a rua se estreita. 
FOTO: Emerson Santos. FONTE: Secom/PME. TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
...
21MAR A EEEFM promove caminhada pela passagem do Dia da Síndrome de Down. 
FONTE: Aparecida Alves, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
2017......................................
...
24JUN Com a decoração junina, uma aproximação entre a Capelinha e a Igreja Matriz.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2019......................................
...
15MAI Mais uma vez, palco de mobilização social. 
FOTO: Gustavo Tavares, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
...

05JUN Rua aberta e a Matriz vigia a preparação do cenário para o São João com a nova vila antiga... 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
..............................................
...
05JUN ...Enquanto a cobertura do primeiro espaço de convivência prossegue... 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
.............................................
...
05JUN ...Suas obras para proteção das chuvas típicas do período. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
.............................................
...
11SET E o registro de mais uma sinalização para pedestres. 
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.

terça-feira, 7 de setembro de 1976

Logradouros | Rua do Sertão | FSAA*

1932.......................................
...
SD A feira que já foi na Rua Grande invade a do Sertão. 
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.
1935.......................................
...
SD Sobrado em destaque e as árvores da Rua Grande e da do Sertão. 
ACERVO: Pedro Gazeano. FONTE: Blog Revivendo Esperança/PB. TRATO: Evaldo Brasil.
................................................
...
SD Verso da foto que, à época, era utilizada como Cartão Postal. Como se vê, passou por diversas mãos antes de ser preservado por Seu Pedro Gazeano.
TRATO: Evaldo Brasil.
1976.......................................
...
07SET Adentrando a rua, no sentido Centro-Bairro, a velha arquitetura serve de cenário para o Desfile Cívico.
FOTO: Joacil Braga Brandão. TRATO: Evaldo Brasil.
2007.......................................
...
12FEV Com a primeira camada de asfalto... 80 anos depois, por assim dizer, menos árvores, mais quente.
FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.
2012.......................................
...
FEV12 Segunda camada de asfalto e faixa de pedestre no registro em tarde ensolarada.
FONTE: Google Street View. TRATO: Evaldo Brasil.
2013.......................................
...
19AGO Adentrando a rua, para uma ideia da sua extensão.
FONTE: Marivaldo Porto, via Facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

Arquitetura | Casa 43 da SA | HMF*

2020........................................ ... 21DEZ Atrás do poste, um *halteres, uma maromba na fachada. O que a gente não é capaz de ve...